Use o PIX como meio de pagamento dos seus passeios

em 11 de janeiro de 2022

Use o PIX como meio de pagamento dos seus passeios

Você certamente já se surpreendeu ao ver como a tecnologia de pagamentos está avançando e se tornando acessível. Primeiro as maquinhinhas se espalharam pelo Brasil e até comércios informais ambulantes aceitavam débito e crédito. Agora, vendedor de água e picolé nas praias já aceita PIX. Tudo se modifica somente para não perder a oportunidade da venda. 

Pensando nisso, o Turbinou lançou a possibilidade de as lojas virtuais hospedadas na plataforma venderem com o PIX. Uma facilidade para quem compra e também para quem vende. Afinal, o PIX ter recebimento instantâneo, em qualquer hora e em qualquer dia da semana. O melhor: livre de taxas. 

PIX como método de pagamento

Para vender os passeios com o PIX, é preciso que o administrador da loja Turbinou habilite o novo meio de pagamento disponível. Na tela do pagamento, é só preencher as informações solicitadas e pronto! Já é possível vender com PIX e receber na hora. 

Reprodução de uma tela de pagamento da loja virtual. No exemplo acima, o lojista configurou um desconto de R$ 5,00 para quem desejar pagar via PIX.

Para o usuário, a partir da habilitação do meio de pagamento pelo lojista, aparecerá uma aba na tela de pagamento para que ele escolha o meio PIX. As orientações fornecidas pelo lojista aparecerão neste momento e o cliente deve Finalizar a Compra. Após finalizar, o sistema carregará um QR Code com as informações necessárias para o pagamento. Basta o cliente abrir o app do banco dele, escolher pagar PIX com QR Code e o código já fornecerá as informações da chave e do valor da compra.

Caso o cliente esteja fazendo a compra pelo smartphone, ficará mais difícil ele escanear o código QR. Nessa situação, o cliente poderá copiar o código e colar no app do banco, na opção pagamento Copia e Cola. A chave PIX e o valor da compra já serão automaticamente reconhecidos por esse código. 

Para confirmar um pagamento realizado via PIX, o cliente que está comprando o passeio ou atividade de lazer, deverá compartilhar o comprovante do pagamento e o lojista fará a confirmação no sistema. O compartilhamento pode ser no próprio sistema do Turbinou ou por um aplicativo de mensagem à escolha do lojista, como o WhatsApp. 

O crescimento do PIX

O PIX é uma forma de pagamento desenvolvida e administrada pelo Banco Central do Brasil. Por meio dele, os clientes de bancos no Brasil podem transferir dinheiro entre contas, independente do banco, a qualquer hora do dia em qualquer dia da semana, e o valor será recebido em questão de segundos. 

As transferências via PIX tiveram início em novembro de 2020 e seis meses depois já lideram o ranking entre meios de transferências entre contas no Brasil. Já superaram com folga DOC e TED. Muitas pessoas e empresas já estão apostando no PIX para substituir a compra no cartão de débito.

O grande diferencial do PIX como meio de transferência é a agilidade e a ausência de taxas para operação. A acessibilidade também chama a atenção, pois as chaves PIX podem ser cadastradas tanto em bancos mais tradicionais, como em fintechs que oferecem contas digitais sem taxas e que podem ser abertas pelo celular.